Tuesday, July 31, 2007

uma noite para comemorar



Esta é só uma noite para partilhar
qualquer coisa que ainda podemos guardar
cá dentro num lugar a salvo para onde correr
quando nada bate certo
e se fica a céu aberto
sem saber o que fazer

Esta é só uma noite para comemorar
qualquer coisa que ainda podemos salvar
no tempo um lugar pra nós onde demorar
quando nada faz sentido
e se fica mais perdido
e se anseia pelo abraço de um amigo

Esta é só uma noite para me vingar
do que a vida foi fazendo sem nos avisar
foi-se acumulando em fotografias,
em distâncias e saudade numa dor
que nunca acaba e faz transbordar os dias

Esta é só uma noite para me lembrar
que há qualquer coisa infinita como firmamento,
um sorriso, um abraço
que transcende o tempo
e ter medo como dantes de acordar
a meio da noite a precisar de um regaço

Mafalda Veiga

2 comments:

José Alberto Mostardinha said...

Olá:

Pois... isto para dizer que a língua portuguesa pode não dar para garantir grandes sucessos musicais (o que até nem é o caso)... mas dá seguramente para fazer grandes e bonitos poemas.

Um beijo,

mim said...

Olá josé Alberto!
Não morro de amores pelas músicas da Mafalda Veiga. Mas o poema serve para assinalar o resto de semana que vou ter. Em grupo, com amigos, num acampamento.
E o objectivo é consolidar a amizade, por vezes descurada em funçao do trabalho (meu) e dos estudos (deles).
E este poema é um lindo elogio à amizade.
Até Domingo. Beijos.